Release

Concurso Canguru de Matemática Brasil abre inscrições para 2022

A partir de 1º de Dezembro escolas de todo o Brasil poderão se inscrever para o Concurso Canguru de Matemática 2022. Realizado em mais de 80 países no mundo, o concurso internacional realiza provas todo mês de Março. 

No Brasil, já somam mais de 2 milhões de participantes, e a cada ano participam mais de 7 milhões de alunos no mundo, muitos deles participantes recorrentes e apaixonados pela abordagem diferente da Matemática que o concurso oferece. 

O concurso é destinado aos estudantes das escolas públicas e particulares brasileiras, matriculados regularmente desde o 3º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio. Desde 2020, com a pandemia, as provas são oferecidas nas modalidades presencial e online, conforme escolha das escolas. 

Miguel Perez, professor da equipe Canguru de Matemática Brasil, "o concurso é uma excelente oportunidade para as escolas, professores e alunos ressignificarem o aprendizado da Matemática. Com foco na construção do pensar matemático, cada uma das questões das provas é especialmente elaborada para essa finalidade. Além de ser um grande evento, o concurso pretende abrir as portas para o trabalho, dentro da escola, de uma Matemática 3D - divertida, desafiadora e diferente". 

Essa intenção fica evidente com os relatos de participantes do concurso, como é o caso de Breno Marques, da Escola Vicente de Paulo da Costa (CE), que já participou do Canguru: “um concurso muito bom, sempre instigando os alunos a resolverem situações que fogem, em certa parte, das questões habituais do currículo. Vejo como uma oportunidade de motivar, além de oferecer conteúdos "avançados", compartilha. 

Inscrições para Canguru de Matemática 2022 

Entre 1º de Dezembro e 11 de Março, as inscrições podem ser realizadas pelo site do concurso, no link www.cangurudematematicabrasil.com.br. As inscrições devem ser realizadas pelas escolas e o valor de inscrição independe da quantidade de alunos que irá realizar as provas. Os valores de inscrição vão desde R$ 75,00 (para escolas públicas) até R$ 840,00 para escolas particulares que desejam um tratamento estatístico específico de seus resultados. 

Para realizar a inscrição, a instituição precisa ser cadastrada no Ministério da Educação/INEP como escola de Educação Básica. 

A partir de 2020, as provas começaram a ser oferecidas em duas modalidades - online e presencial. As provas na modalidade presencial devem ser realizadas na escola nos dias disponíveis no calendário divulgado pelo Canguru de Matemática. Na modalidade ONLINE, os alunos podem fazer as provas em suas casas ou na escola por meio de dispositivos eletrônicos, em um processo simplificado e descomplicado. 

As provas estão disponíveis em 6 níveis de acordo com o ano/série, com 24 ou 30 questões cada (divididas em questões fáceis, médias e difíceis) e contemplam 4 áreas (Números, Lógica, Geometria e Álgebra). 

Prova elaborada por professores de mais de 80 países 

As questões são elaboradas por professores especialistas de mais de 80 países, que se reúnem anualmente para discutir e preparar as provas. Com isso, as questões não são vinculadas a conteúdos curriculares específicos de cada série, mas sim convidam os alunos a utilizar seu raciocínio lógico e suas estratégias de solução de problemas para resolvê-las. 

O Canguru é um projeto que tem a intenção de levar aos alunos uma Matemática diferente, divertida e desafiadora, promovendo engajamento dos alunos com esta matéria e facilitando o processo de ensino-aprendizagem dentro das escolas. As questões das provas são contextualizadas, coloridas e convidam à reflexão e a usar estratégias diferentes de raciocínio lógico e de solução de problemas.
 

Contato: 

Juliana Couto Melo - Estúdio Gemma - assessora de comunicação
Tel: (11) 972808343
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.


Cristina Diaz - CEO Canguru de Matemática
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Novo Olhar para o Ensino da Matemática

Canguru de Matemática Brasil e Roda de Matemática oferecem summit digital gratuito

São Paulo, 14 de setembro de 2021

O processo de ensino-aprendizagem da Matemática traz grandes desafios. Segundo a avaliação internacional da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), “Em matemática, por exemplo, 68% dos estudantes não conseguiram atingir o nível 2 do teste, o mínimo estabelecido pela OCDE como necessário para que o estudante exerça plenamente sua cidadania. A escala vai até o nível 6. Na prática, esses alunos não conseguem responder às questões de matemática com clareza e não conseguem identificar ou executar procedimentos rotineiros seguindo instruções diretas ”, segundo reportagem do Uol Educação sobre dados referentes a 2019 – antes da pandemia.

Além dos dados mostrarem um distanciamento entre os estudantes e a Matemática, a cultura popular ainda é permeada de mitos sobre ela, o que a torna ainda mais inacessível: acreditam que a Matemática é difícil demais, abstrata demais, para poucos e para gênios. Também, a ideia de que Matemática não admite erros, já que só existe uma resposta certa para as questões, afasta, amedronta e cria enormes barreiras ao aprendizado.

Aproximar a Matemática do dia a dia é fundamental e os estudos que abordam o futuro do trabalho mostram a relevância de habilidades que podem ser desenvolvidas diretamente por ela, como, por exemplo: raciocínio lógico, estratégias de resolução de problemas, flexibilidade cognitiva, criatividade, resiliência e habilidade de lidar com o erro. Habilidades que podem ser trabalhadas durante todo o ciclo da Educação Básica, desde que haja um olhar coletivo para tal.

A mobilização de escolas, professores, famílias e estudantes para a construção de uma nova relação com a Matemática é importante, urgente e mais necessária do que nunca.

Novo Olhar para o Ensino da Matemática

Inspirados por uma Matemática diferente - acessível, criativa, flexível, visual e principalmente, significativa -, o concurso Canguru de Matemática Brasil e a escola Roda de Matemática se uniram para oferecer um encontro otimista com objetivo de sensibilizar o público para juntos, traçar um panorama de soluções e ideias que podem ajudar na aproximação dos estudantes com a Matemática, tanto na escola quanto em casa.

O evento digital Novo Olhar para o Ensino da Matemática será realizado em três dias - dias 21 e 28 de outubro, e 04 de novembro - e trará uma série de palestras gratuitas para toda a comunidade escolar, professores, estudantes e famílias.

Programação
Em três manhãs:
- 21 e 28 de outubro e 04 de novembro
- Das 9h às 10h30
- Em streaming ao vivo pelo Youtube.

21 de outubro
TEMA 1
Onde estamos? Dados sobre o ensino da Matemática no Brasil e cultura matemática.
Canguru de Matemática Brasil - por Cristina Diaz e Pablo Ganassim
• Dados nacionais e avaliações externas;
• Dados Canguru de Matemática Brasil;
• Principais crenças culturais sobre a Matemática.

28 de outubro
TEMA 2
É possível transformar o olhar para a Matemática.
Roda de Matemática - por Janaina Villela, Ligia Zorzo e Laissa Valle
• O que é a Roda de Matemática?
• A Matemática, as competências socioemocionais e as habilidades para o futuro;
• A Matemática é para gênios? A importância do erro, da persistência e da construção de uma compreensão aprofundada no processo de ensino-aprendizagem da Matemática;
• Nova abordagem matemática: neurociência, mindset e ensino afetivo;
• Ambiente favorável em casa: como a família pode incluir a matemática no seu dia a dia?

04 de novembro
TEMA 3
Mapa de iniciativas com um Novo Olhar para o Ensino da Matemática
Canguru de Matemática Brasil - Cristina Diaz e Roda de Matemática - Janaina Villela
• Mapeamento de iniciativas educacionais que já estão trabalhando um novo olhar para o ensino da Matemática;
• Relatos de casos de professores, escolas, estudantes e famílias;
• Mapa de referências.

Organizadores
O concurso Canguru de Matemática Brasil é o maior concurso internacional de Matemática do mundo. No Brasil desde 2009, o concurso cresce a cada ano, totalizando mais de 2 milhões de participantes em escolas públicas e particulares. Através do concurso, da produção de conteúdos digitais e de livros, a missão do Canguru é de levar uma Matemática contextualizada, diferente, divertida e desafiadora para o maior número de alunos possível.
Para saber mais: www.cangurudematematicabrasil.com.br

A Roda de Matemática é uma escola de Matemática que, desde 2016, atende crianças entre 5 e 14 anos. Tem a missão de cultivar o amor pela matemática nas crianças de uma forma criativa, flexível e significativa.
Para saber mais: https://www.rodadematematica.com.br


Contato:
Juliana Couto Melo - Estúdio Gemma - assessora de comunicação
Tel: (11) 972808343 | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Concurso Internacional de Matemática traz conceito de Matemática 3D ao Brasil

Já pensou que a Matemática pode ser divertida, desafiadora e diferente? Essa é a proposta do Canguru de Matemática Brasil, concurso internacional de Matemática presente na educação brasileira desde 2009.

Com uma proposta inovadora que acredita na Matemática como uma ciência transformadora na vida de crianças e jovens, famílias e escolas, o Canguru de Matemática está presente em 80 países do mundo e atinge mais de 6 milhões de estudantes por ano.

Com intenso uso de tecnologia e com o apoio das escolas, a missão do concurso é tornar a Matemática atraente, acessível e interessante para o maior número de alunos possível. No Brasil, foram mais de 450 mil participantes em 2019. Com a pandemia, o número ficou um pouco mais reduzido: ainda assim foram quase 400 mil participantes em 2021.

Após uma trajetória de eventos com muito sucesso, o Concurso Canguru de Matemática transformou-se em referência para amantes da Matemática e que percebem sua importância para outras áreas do conhecimento e para a vida cotidiana.

COMO FUNCIONA O CONCURSO
O concurso acontece apenas uma vez por ano, em Março. As escolas se inscrevem com um valor único e após a inscrição podem optar por aplicá-lo presencialmente ou on-line. No Canguru de Matemática, a inscrição não é feita pelo aluno, mas pela escola. Depois de inscrita, a escola pode cadastrar quantos alunos quiser.

O diferencial: todos os alunos podem participar, de acordo com a sua faixa etária. Há provas para alunos desde o 3º ano do Ensino Fundamental até os da 3ª série do Ensino Médio.

As provas são feitas em um único dia e têm duração de 100 minutos, a fim de coincidir com o tempo de duas aulas de 50 minutos, comum à maioria das escolas.

As questões são adequadas às faixas etárias e dividem-se em quatro eixos: Números, Geometria, Álgebra e Lógica. Como são aplicadas as mesmas provas no mundo todo, o que se pede não são conteúdos Matemáticos específicos mas sim o raciocínio lógico, as habilidades de solucionar problemas e a criatividade diante de desafios.

DIFERENCIAL DO CONCURSO CANGURU DE MATEMÁTICA BRASIL

A história do Concurso
No início dos anos 1980, Peter O’Halloran, um professor de Matemática em Sydney, Austrália, elaborou uma prova digital que passou a ser resolvida por milhares de alunos simultaneamente.

Em 1991, dois professores franceses, André Deledicq e Jean Pierre Boudine, inspirados pelo modelo de prova, decidiram iniciar o concurso na França e, em homenagem ao colega australiano, deram-lhe o nome de “Kangourou”. Assim, nasceu o concurso Kangourou Sans Frontières (www.aksf.org) que hoje está presente em mais de 80 países, incluindo o Brasil, e do qual participam mais de 6 milhões de alunos a cada ano.

Anualmente, um comitê internacional de professores se reúne para trabalhar na criação de cada uma das questões das provas, até que elas estejam perfeitas para ganhar o direito de estar no Concurso. As mesmas provas são aplicadas em todos os países participantes e essa é uma das principais missões de nosso Concurso: criar uma comunidade matemática interessada, engajada e unida.

O Concurso Canguru de Matemática está presente no Brasil desde 2009, coordenado pelo professor Élio Mega, representante brasileiro na Associação Internacional Canguru sem Fronteiras e atualmente membro do comitê da Associação. Com mais de 50 anos como professor de Matemática, Élio Mega incentivou e acompanhou muitos alunos em olimpíadas de Matemática brasileiras e internacionais. Atualmente, Élio é um dos professores da equipe Canguru e um educador especialista em Matemática.

Canguru em números
O Brasil sofre com o atraso crônico no ensino da Matemática, apesar de avanços recentes nos últimos anos. A pandemia, porém, trouxe um novo cenário, não só desestimulou as crianças e os jovens como já promove impacto grave na aprendizagem, conforme aponta pesquisa realizada pelo Núcleo de Ciência Pela Gestão Educacional do Insper e Instituto Unibanco, divulgada em Junho de 2021.

A busca por respostas na internet, a desmotivação no aprendizado e a falta na troca de experiência são reflexos da nova forma de ensino que a pandemia da Covid-19 trouxe para os estudantes. Diante desse cenário, estimular o prazer pelo estudo de uma nova abordagem da Matemática pode ser o caminho.

Em 2019, o Canguru de Matemática Brasil teve 455.270 mil crianças e jovens realizando a prova, até então o maior número de inscritos. A pandemia também atingiu o concurso: em 2020, apenas 252.351 mil crianças e adolescentes participaram.

Mas esse número mudou em 2021: 370.316 mil participantes em todo o Brasil, mostrando que há caminho para ampliar o ensino de Matemática de forma coerente, engajada no dia a dia, divertida, desafiadora e diferente.

Vivendo uma pandemia, não poderia ser mais importante: é absolutamente necessário ser capaz de realizar análises lógicas e críticas, leituras de gráficos, cruzamento de dados e memorização de informações numéricas. O melhor caminho para isso é começar a desenvolver tais competências ainda na escola.


Contato:
Juliana Couto Melo - Estúdio Gemma - assessora de comunicação
Tel: (11) 972808343
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.